Blog » Talento Moda » A importância da padronização de tamanhos

A importância da padronização de tamanhos


Acreditamos que o maior desafio da mulher brasileira em geral (mas principalmente as que se enquadram no padrão plus size), ao procurar uma roupa, tanto em lojas físicas como em lojas online, seja o fato de que os modelos não seguem um padrão de tamanho único, ou seja, o tamanho “G”da loja A é completamente diferente do tamanho “G” da loja B, por exemplo. Falta uma padronização de tamanhos, que facilite a escolha de roupas tanto para as clientes quanto para os vendedores.

tamanhos plus size

Essa semana, a Loja Talento da Rua Miller em São Paulo apareceu como cenário de uma matéria televisionada no Jornal “Fala Brasil”, da Rede Record.  A matéria ressalta exatamente a importância da padronização nos tamanhos de roupas.

Tanto a gerente da loja quanto a blogueira Plus Sizes Glenda Cardoso e a consultora de moda Andrea Boschim deram suas opiniões pessoais e repassaram as opiniões de clientes e leitoras, ressaltando a importância na padronização de tamanhos e o apoio à mudança.

Antes de pontuar os benefícios da padronização de tamanhos, precisamos saber como esse sistema é realizado:

A ISO (entidade que coordena padronizações) determina uma fórmula de medida proporcional ao biótipo de cada país; no Brasil, o número da calça feminina, por exemplo, deve ser calculado da seguinte maneira: metade do comprimento do quadril subtraída de 8 (96cm ou o tamanho 40). Porém, esse era o padrão de 1968, padrão que não é atualizado há exatos 47 anos.

padronização tamanhos moda brasileira

Em 47 anos a população do mundo mudou de biotipo, mas a numeração padrão foi mantida e, para suprir o mercado (que aumentou de tamanho), as fábricas aumentam seus moldes de forma aleatória, tornando comum a variação de tamanhos das peças vendidas entre uma loja e outra.

Para acabar com esse problema o Comitê Brasileiro de Têxteis e do Vestuário estuda uma norma de vestibilidade, que designará tamanhos para as peças femininas.

A norma inclui a grade Plus Size de numeração e foi elaborada em parceria entre entidades como a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT), a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e blogs e sites que abordam a moda Plus Size, para estabelecer um sistema que indique o tamanho do corpo que vai vestir a peça, deixando de lado o tamanho das medidas da roupa.

padronização medidas

A ideia da padronização de tamanhos é que o consumidor consiga identificar o vestuário certo pelas medidas do seu corpo, que serão informadas na etiqueta da peça de roupa.

As vantagens são visíveis e muito importantes, tanto para o comerciante quanto para seus clientes. O comerciante poderá atender de forma mais abrangente as necessidades de seus clientes. O cliente evitará gastar muito tempo experimentando roupas, ou mesmo trocando peças que não caíram bem, facilitando também as compras online. O sentimento “não fabricam roupas para o meu corpo” terá seu fim, melhorando a autoestima e satisfação dos clientes, que sabendo suas medidas, saberão se a roupa cai ou não cai bem em seu corpo.

Assista à matéria completa:

O que você achou dessa novidade? Conte para nós!

(Imagens: Reprodução)



4 Comentários

  1. josilene costa de souza disse:

    escelente a ideia tanto no tamanho como na modelageme criatividade nos modelos

  2. Glenda Cardoso disse:

    Adorei a matéria. Obrigada por compartilhar! Beijos

  3. Celeste disse:

    Adorei a matéria,espero que a padronização chege logo ao consumidor.

  4. Karina disse:

    Gostei muito da matéria! Precisamos da padronização dos moldes plus size sim!Totalmente apoiado!

Deixe o seu comentário!