Blog » Beleza » A importância do alongamento

A importância do alongamento


Um dos erros de quem encara a academia é dispensar o alongamento antes e depois dos exercícios. O corpo precisa entender que vai sair de um estado de repouso e vai se movimentar. Por isso, antes de começar é necessário prepará-lo para um esforço maior fazendo movimentos leves e reservar os minutos finais do treino para relaxar a musculatura.

Mas alongamento não é só essa “esticadinha” antes e depois da malhação. É uma das modalidades de ginástica mais eficientes e muito prática. As academias já oferecem aulas especializadas na modalidade, mas os exercícios de alongamento também podem ser feitos em casa ou no local de trabalho.

Muitas pessoas aderem ao alongamento pensando em corrigir a postura, mas este não é o único benefício oferecido pela modalidade. Uma boa alongada no corpo ajuda a descarregar tensões, recuperar a energia, aumentar a flexibilidade nos músculos e ter mais equilíbrio.

Quem pratica o alongamento também adquire mais facilidade para executar tarefas do cotidiano que exijam esticar o corpo e movimentar os músculos, como subir e descer escadas, trocar o pneu do carro, arrumar a casa ou brincar com as crianças.

Exercícios rápidos para se alongar em casa

1- Deite-se de costas, flexione e abrace as pernas aproximando as coxas da barriga;
2- Agora, sentada no chão com as pernas cruzadas, segure a coxa direita com a mão esquerda e torça o tronco para o lado direito. Repita o movimento para o lado esquerdo;
3- Ainda com as pernas cruzadas, segure a cintura esquerda com a mão direita e incline o tronco para a direita mantendo o outro braço esticado. Faça o movimento inclinando o tronco para a esquerda;
4- Mantenha as pernas cruzadas e incline o tronco à frente do corpo com os braços esticados;
5- Estique as pernas e puxe um pé de cada vez com as mãos, tentando encostá-los na barriga;
6- Com o pé direito encostado na virilha, incline o tronco para a esquerda, tentando segurar o outro pé. Faça o mesmo com o pé esquerdo;
7- Em pé, dobre o braço esquerdo atrás da cabeça e puxe o cotovelo para baixo com a mão direita;
8- Sentada em uma cadeira, puxe o cotovelo direito para o corpo com a mão esquerda. Faça o mesmo puxando o cotovelo esquerdo;

No escritório

1- Dê uma paradinha no trabalho e, sentada na cadeira, estique o braço direito para frente, puxe a palma da mão direita para baixo com a outra mão;
2- Segure o pé esquerdo com as duas mãos, mas sem dobrar o joelho. Repita o exercício segurando o pé direito. Se não conseguir alcançar os pés, segure o tornozelo mesmo. (pode ser no tornozelo);
3- Agora, alongue o pescoço puxando a cabeça com a mão e aproximando o ombro da orelha;
4- Para finalizar, segure a cabeça com as duas mãos e puxe-a para baixo.

Fonte: http://www.dicasdemulher.com.br



0 Comentários

Deixe o seu comentário!